2017 ano 8

Pesquisar este blog

Translate

sábado, 27 de novembro de 2010

JEITO PSICÓLOGO DE SER

O psicólogo não adoece, somatiza;
O psicólogo não transa, libera libido;
O psicólogo não estuda, sublima;
O psicólogo não dá vexame, surta;
O psicólogo não esquece, abstrai;
O psicólogo não fofoca, transfere;
O psicólogo não tem idéias, tem insight;
O psicólogo não resolve problemas, fecha a Gestalt;
O psicólogo não muda de interesse, altera figura-fundo;
O psicólogo não se engana, tem ato falho;
O psicólogo não fala, verbaliza;
O psicólogo não conversa, pontua;
O psicólogo não responde, devolve a pergunta;
O psicólogo não desabafa, tem cartase;
O psicólogo não é indiscreto, é espontâneo;
O psicólogo não dá palpite,  oferece alternativa;
O psicólogo não fica triste, sofre angústia;
O psicólogo não acha, intui;
O psicólogo não faz frescura, regride;
O psicólogo não mente, resignifica;
O psicólogo não paquera, estabelece vínculo
.

Colaboração de Beatriz Rodrigues

Um comentário: